0
0
0
s2sdefault

BIKE SALVADOR - Na cidade há a disponibilização de 400 bicicletas para compartilhamento diário, milhares de viagens realizadas e mais de 150 mil pessoas cadastradas, desde o seu lançamento. Um verdadeiro recorde na utilização das “laranjinhas” que já foram incorporadas no cotidiano da população: seja para ir ao trabalho, escola, faculdade, lazer ou durante a prática de atividade física. A iniciativa tem contribuído muito para estimular o uso da bicicleta em Salvador. 

Cadastre-se e saiba mais sobre a ação em: (https://bikesalvador.tembici.com.br)

 

INTEGRAÇÃO COM O SALVADOR CARD - A Prefeitura em parceria com o Sindicato das Empresas de Transportes de Salvador (SETPS) implementou a integração do sistema de bicicletas compartilhadas ao transporte coletivo, possibilitando que os milhares de usuários do “Salvador Card” possam integrar viagens de ônibus com viagens de bicicleta, usando o mesmo cartão de acesso, mediante cadastro no site do Bike Salvador (https://bikesalvador.tembici.com.br/)

CICLOFAIXA DE LAZER E TURISMO - A Ciclofaixa é um eixo estratégico importante para incentivar o uso da bicicleta na capital soteropolitana. É um elemento que funciona como porta de entrada, atraindo e formando novos ciclistas. Geralmente, o novo ciclista começa usando uma das laranjinhas das estações de compartilhamento ou uma das bicicletas das tendas disponíveis nas Ciclofaixas de Lazer e Turismo (Barra, Campo Grande, Parque da Cidade e Avenida Professor Magalhães Neto). Em seguida adquirem sua própria bicicleta, utilizando-a nas ciclofaixas e ganhando ainda mais confiança. O passo seguinte é começar a utilizar as Ciclofaixas de bicicletas que existem em diversos cantos da cidade, logo depois passam a fazer outros percursos, rotas e atividades. É assim que são formados novos ciclistas, inclusive aqueles que passam a usar a bicicleta cotidianamente. 

Atualmente Salvador possui quatro ciclofaixas de lazer e turismo totalmente monitorada por profissionais que dão apoio aos usuários de bike no que for necessário. Essas ciclofaixas funcionam nos domingos e feriados. Saiba mais em: https://ciclofaixa-ssa.tembici.com.br/

 

AZUIZINHAS 1,0 REAL - Disponibilização de 80 bicicletas para empréstimos aos domingos e feriados. As tendas para essas bicicletas são encontradas nas Ciclofaixas de Lazer e Turismo e tem um papel importante: disponibilizar bicicletas para a prática saudável de atividade e lazer, além de estimular a formação de novos usuários de bike na cidade. Tendas Móveis (Barra, Campo Grande, Parque da Cidade e Av. Magalhães Neto)

Cadastre-se e entenda mais em: https://ciclofaixa-ssa.tembici.com.br/

  

ESPAÇO MULTI USO – MAGALHAES NETO - Área de lazer para toda família, estimulando a prática de lazer ao ar livre: Bike, Patins, Skate, lazer completo. A área se transformou numa das mais frequentadas pela população aos domingos e feriados – quando parte da Avenida Professor Magalhães Neto é interditada para carros e se torna uma verdadeira área de lazer para crianças, jovens, adultos e idosos.

 

CICLOFAIXA DE TREINAMENTO - Parte da Avenida Magalhães Neto e da Avenida Centenário funcionam como Ciclofaixa de Treinamento das 4h às 6h, diariamente. Essas extensões das vias públicas são cruciais para o treino de ciclistas profissionais que precisam de espaço longe dos pedestres para treinamento, já que a velocidade que pedalam pode chegar a 40 ou 50 km/h.

 

PROJETOS ESPECIAIS:

 

 

Fóruns Salvador vai de Bike - Sociedade Civil, dirigentes governamentais e empresariais, especialistas e representantes nacionais do setor de bikes participaram dos Fóruns Salvador Vai de Bike. O objetivo dessas reuniões e encontros é discutir estratégias e casos de sucessos que contribuam para mobilizar toda sociedade para a popularização no uso da bicicleta.

 

Circuito Ciclocultural - O Circuito Ciclo Cultural atende ao objetivo de valorização do patrimônio cultural de Salvador. Em parceria com a Fundação Gregório de Matos, o MSVB identificou pontos estratégicos ao longo dos roteiros das Ciclofaixas: a exemplo de praças, museus, monumentos históricos e paisagens. A ideia é incentivar a população local e aos turistas a visitarem tais pontos, valorizando os ativos culturais da cidade. O guia foi lançado em versões impressa e digital.

 

CAMPANHAS:

 

Distribuição de Itens de Segurança - Distribuição maciça de itens de segurança para ciclistas: cartão com dicas de segurança, descrição do tipo sanguíneo do usuário e telefones úteis, além de apitos e tira finas.

 

Campanha Permanente de Educação e Conscientização - Eu Vou de Boa, respeito o Ciclista - A Prefeitura valoriza também, a educação e conscientização de motoristas e ciclistas, investindo permanentemente em campanhas de conscientização e usando todas as plataformas de comunicação - Rádio, Mídia Impressa, Redes Sociais e Digitais, TV, Outdoor, Mobiliário Urbano e Material Gráfico.  Desde setembro de 2013, a PMS utiliza de diferentes meios para conscientizar diariamente o cidadão com relação ao uso da bicicleta e melhorar a segurança no trânsito.

 

Capacitação de Motoristas de Ônibus - Em uma atitude pioneira, em Salvador, a Prefeitura capacita motoristas de ônibus para que esses melhorem o relacionamento com os ciclistas no compartilhamento das vias. O programa é conhecido como VOU DE BOA – RESPEITO O CICLISTA está atuando na sensibilização e capacitação (mais de 1.000 na primeira fase). Parceria da Prefeitura com o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Salvador (SETPS), diversos grupos de ciclo ativistas e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

O workshop acontece nas garagens das empresas de transporte coletivo. O ineditismo do workshop também está na utilização de um simulador, para que os motoristas experimentem como é pedalar uma bicicleta no trânsito ao lado de um ônibus.

 

Capacitação de Taxistas - Os taxistas também se tornaram alvo do projeto como VOU DE BOA – RESPEITO O CICLISTA. A ideia é capacitar os profissionais para que esses possam compreender os perigos do trânsito quando se está de bicicleta e entender como o respeito mútuo pode garantir um trânsito seguro e ainda mais confortável para todos. Iniciativa pioneira da prefeitura em com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

 

FORMANDO CICLISTAS:

 

Mini Circuito - São realizados, semanalmente, em diferentes bairros da cidade os Minicircuitos de Bike, ação importante de mobilização das crianças par a uso da bicicleta. Além de uma opção a mais para o lazer das crianças, os meninos e meninas aprendem durante a ação ensinamentos sobre conduta de segurança e a conscientização para o melhor uso da bicicleta. 

 

Adultos no Pedal – Em parceria com diversos coletivos de Bike, a prefeitura realiza semanalmente um programa de formação de ciclistas adultos. A iniciativa além de formar novos usuários de bicicleta, também conscientiza quanto a conduta de segurança.

 

ESTRUTURA PRÓ-BIKE:

 

Em Salvador, Bike também vai de Barco, Elevador e Planos Inclinados Transportam Ciclistas - Agora é possível se deslocar entre a cidade alta e a cidade baixa de bicicleta. É mais um passo significativo que contribui para estimular o uso da bike nessa região importante de Salvador. A Prefeitura ampliou o espaço para os ciclistas, permitindo que trafeguem diariamente com suas bicicletas em todos os ascensores em funcionamento na cidade.

As embarcações que fazem a travessia entre as regiões da Península Itapagipana e o Subúrbio Ferroviário estão disponíveis diariamente para o tráfego de bikes. O tempo da travessia é de apenas oito minutos, um atrativo já que o mesmo trajeto, quando feito de ônibus, é de 1h30. A iniciativa conecta duas áreas de grande fluxo de pessoas em nossa capital, encurtando a distância para aqueles que preferem as bicicletas.

 

Instalação de Paraciclos - Caracterizados como estacionamentos de curta ou média duração, de até 2h, em qualquer período do dia, os paraciclos devem ganhar as ruas e praças de Salvador, em breve. A Prefeitura já instalou mais de 600 paraciclos e segue com o processo de implantação.

 

Instalação de Bicicletários - Salvador conta com dois bicicletários públicos gratuitos, os mais modernos do Brasil – sendo os primeiros de dois andares a serem implantados no país. O Funcionamento é das 6h às 0h, e para ter acesso é necessário realizar um cadastro no local, com apresentação obrigatória de documento com foto, número do CPF e estar com a bicicleta presente para registro. Cada usuário pode guardar até 3 bicicletas simultaneamente. Os bicicletários ficam localizados no Farol da Barra e na Ribeira (próximo ao Terminal Naútico).

 

Bike Pit Stops - O Bike Pit Stop permite realizar pequenos reparos e ajustes nas bicicletas, além de calibragem de pneus. Inédito em espaços públicos nas cidades brasileiras, o equipamento permite a realização de manutenção geral das bicicletas, aumentando a longevidade da frota circulante nas cidades por meio de ajustes dos freios, pneus e demais peças que mantém a bicicleta em bom estado de uso nas vias públicas, evitando dessa forma também possíveis acidentes.

  

Implantação de Triciclos - A iniciativa da prefeitura de Salvador em parceria com empresa Cycle’ONE lançou durante a Copa do Mundo 2014 os triciclos “Velo-táxi”, primeiros do gênero implantados no Brasil. Fabricados na França, os equipamentos têm um design inovador, são movidos a propulsão humana e também possuem assistência elétrica para auxiliar o condutor em ladeiras. Os equipamentos operam em pontos turísticos da cidade como Barra e Centro Histórico.

  

  

 

 

0
0
0
s2sdefault